Hora certa!

Recomendo

Postagens populares

Seguidores

sexta-feira, 30 de março de 2012

Parabéns Aninha


Parabéns Aninha pela a aprovação em Turismo (UERN), nós todos do Efetivo desejamos muito sucesso para ti! E aproveitando o espaço parabenizamos todos os demais aprovados! Valeu vitoriosos!
Leia Mais

quinta-feira, 29 de março de 2012

VIVA A VIDA


"Nós nos convencemos de que a vida ficará melhor algum dia, quando nos casarmos, quando tivermos um filho e, depois, outro. Então, ficamos frustrados, porque nossos filhos não têm idade suficiente e seria muito melhor se tivessem.
Depois, nos frustramos porque temos filhos adolescentes e temos de lidar com eles. Certamente seremos mais felizes quando nossos filhos tiverem ultrapassado essa fase.
Dizemos que nossa vida só será completa quando nosso cônjuge conseguir o que busca, quando tivermos comprado um carro melhor, ou tivermos condições de fazer uma viagem longa, quando tivermos aposentados.
A verdade é que não ha melhor época para ser feliz do que agora mesmo!
Se não, quando? Sua vida será sempre cheia de desafios. Melhor admitir isto para você mesmo e decidir ser feliz de qualquer modo.
Uma das minhas 'frases' favoritas é de Alfred D. Souza, quando diz:
'Por muito tempo eu pensei que a minha vida fosse se tornar uma vida de verdade. Mas sempre havia um obstáculo no caminho, algo a ser ultrapassado antes de começar a viver - um trabalho não terminado, uma conta a ser paga.
Aí sim, a vida de verdade começaria. Por fim, cheguei a conclusão de que esses obstáculos eram a minha vida de verdade'.
Essa perspectiva tem me ajudado a ver que não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho!
Assim, aproveite todos os momentos que você tem.
E aproveite-os mais se você tem alguém especial para compartilhar, especial o suficiente para passar seu tempo... e lembre-se que o tempo não espera ninguém.
Portanto, pare de esperar até que você termine a faculdade; até que você volte para a faculdade; até que você perca 5 quilos; até que você ganhe 5 quilos; até que você tenha tido filhos; até que seus filhos tenham saído de casa; até que você se case; até que você se divorcie; até sexta a noite; até segunda de manhã; até que você tenha comprado um carro ou uma casa novos; até que seu carro ou sua casa tenham sido pagos; até o próximo verão, primavera, outono, inverno; até que você esteja aposentado; até que a sua música toque; até que você tenha terminado seu drink; até que você esteja sóbrio de novo; até que você morra, e decida que não há hora melhor para ser feliz do que AGORA MESMO...
Felicidade é uma viagem, não um destino. Por isso...

Trabalhe como se você não precisasse de dinheiro.
Ame como se você nunca tivesse se machucado.
Auxilie como se fosse rotina.
Não coma e beba como se fosse a última vez.
Brinque como se fosse criança.
Perdoe como gostaria que fosse perdoado.
E dance como se ninguém estivesse olhando!"

VIVA A VIDA...
SEMPRE...
EM TODOS OS MOMENTOS...
Leia Mais

Dando continuidade ao trabalho "conhecendo os artistas umarizalenses"


A iniciativa do Professor de Artes e Literatura Sergio Rubens, continua na sua ideia de conhecer os artistas da nossa terra: O participante da vez foi o vocalista da banda Tabakana Marcelo Henrique, vejamos alguns trechos dessa conversa:

Com quantos anos você começou a cantar?
Hoje eu estou com 23, então faz 12 anos que eu comecei a cantar. Desde o ensino fundamental eu já gostava de mais bela voz, cantava na escola, fiz peça de teatro, já fui membro do arte e riso, tudo que tinha envolvendo cultura na escola eu tava junto.

Você é compositor?
Com certeza, é sempre bom expor o que a gente ta sentindo. Às vezes eu posso estar conversando aqui e pode surgir uma música. É engraçado! Às vezes você faz uma música que fale de amor ou de amizade e as pessoas falam: “ta apaixonado”! Mas não é obrigado você esta apaixonado pra fazer uma música de amor, às vezes se ta assistindo um filme ou vendo uma história bonita. Eu faço composições, tabakana tem músicas minhas, assim como forró da galera também.

Você teve influencia da sua família?
A minha família apóia desde o inicio. Eu disse: quero trabalhar com arte! E até hoje me apóiam.

Você se espelha em algum cantor?
Cada dia que passa eu me inspiro numa pessoa diferente, procurando tirar um pouco da característica de cada um. Quando eu iniciei, a banda que eu mais gostava era o parangolé, ou seja, há doze anos, era outro cantor, a banda era toda diferente. Foi daí de onde surgiu a idéia de montar a Tabakana.

De quem foi a idéia de fazer a banda forró da galera?
Foi minha! Eu tava vendo que em Umarizal tinha bandas de forró, só que valorizavam mais o que vinha de fora e as bandas daqui acabavam ficando no esquecimento. Então resolvi montar a banda pra tocar quando chamarem e pra onde chamarem, até na calçada a gente toca. Hoje eu não canto mais em forró da galera, coloquei outro cantor lá, que é Marinho, até porque eu tava trabalhando fora daqui também, mas agora voltei para cá.

Que outros trabalhos artísticos você faz além de cantar?
Eu sou instrumentista, sou produtor musical, também me utilizo do teatro, afinal quando eu estou no palco eu preciso interpretar, além do mais em cima do palco eu preciso ser alguém diferente, lá eu sou Marcelo do Tabakana, aqui eu sou só Marcelo.


Leia Mais

terça-feira, 27 de março de 2012

Um pouco sobre educação.

É possível evoluir sem educar?

Se pensarmos pelo lado de que a educação consiste muito mais num processo de aprendizagem do que de ensino, eu faço o seguinte questionamento. É possível evoluir sem educar?

Muito se comenta em lutar contra o tráfico de drogas, a violência, o desemprego, a falta de moradia e diversos outros problemas sociais que atingem a nossa nação. Mas creio que tudo isso é reflexo de uma má educação, não me referindo somente educação da escola, mas principalmente na educação para a vida.

Temos um sistema educacional ultrapassado, que apenas se preocupa com a quantidade de alunos aprovados, pouco se importa com a qualidade da educação oferecida e não se atenta para a vida do aluno fora de sala de aula. A educação no Brasil é tratada com desprezo e com irresponsabilidade.

Temos hoje um alto número de jovens envolvidos no tráfico, na violência e no álcool, isso é reflexo de uma educação estacionada e precária. Enquanto não se voltar para a formação de consciência, não teremos melhoria em nenhum desses aspectos.

Pode existir policiamento suficiente para prender bandidos e traficantes, pode haver leis, emendas e portarias suficientes para suprir todos os tipos de crimes no Brasil, mas se não houver uma educação que forme o cidadão ao invés de apenas informar um conteúdo de uma disciplina, não teremos evolução humana nem social. A verdade é que temos em nosso país inúmeros políticos e profissionais preocupados em construir e evoluir o país economicamente, mas não temos ninguém preocupado em formar pessoas conscientes sobre o mundo que as cerca.

Não dá pra crescer um país com pessoas voltadas apenas para o lado econômico sem ter valores éticos e morais, afinal, isso diz respeito à lei natural da vida que se refere aos aspectos físicos e espirituais do homem. Para evoluir o ser humano precisa está em harmonia com esses fatores, com isso, o individuo deve ser educado para a vida, não somente para sua formação profissional. A sociedade atual está carente de pessoas pensantes.

Estamos conseguindo através do atual sistema educacional, diversas pessoas, assim chamadas de “intelectuais”, mas isso não é sinal de uma boa educação, mas sim da materialização de pensamento onde pouco se constrói.

Precisamos voltar nossos olhos para nossa educação, não somente na escola, mas em casa, na igreja e em todos os segmentos que compõe a nossa assim chamada sociedade.

Sergio Rubens, professor do Colégio Efetivo.
Fonte: www.uzlemfotos.blogspot.com
Leia Mais

sexta-feira, 23 de março de 2012

Mais uma vitória Professor




Já formado em Ciências com habilitação em Matemática o nosso querido Professor Rennan Lopes, hoje está recebendo oficialmente seu diploma em Física pela UFRN, o que nos deixa aqui no Colégio Efetivo profundamente orgulhosos e por meio deste post queremos mais uma vez parabenizá-lo e dizer o quanto ficamos felizes por mais essa vitória na sua vida.

Grandes pessoas não são só aquelas que conquistam o mundo, são também aquelas que tem a capacidade de mudá-lo.
Leia Mais

quarta-feira, 21 de março de 2012

Trabalho sobre Drogas




   Os alunos do 9° ano realizaram nas aulas de Língua Inglesa apresentações de trabalhos sobre as drogas, com peças de teatro e palestras, para mostrar as consequências do uso das drogas para o usuário e como afeta a família e a sociedade em geral.
    Para mais esclarecimentos sobre o assunto, foram ministradas 02 palestras, uma com o Delegado de Polícia Azevedo e outra com o Diretor do Colégio Saulo José. O trabalho foi elaborado  pela Professora Solange.
Vamos as fotos:

























Leia Mais

A FORÇA E A CORAGEM

É preciso ter força para ser firme,
mas é preciso coragem para ser gentil.

É preciso ter força para se defender,
mas é preciso coragem para baixar a guarda.

É preciso ter força para ganhar uma guerra,
mas é preciso coragem para se render.

É preciso ter força para estar certo,
mas é preciso coragem para ter dúvida.

É preciso ter força para manter-se em forma,
mas é preciso coragem para ficar de pé.

É preciso ter força para sentir a dor de um amigo,
mas é preciso coragem para sentir as próprias dores.

É preciso ter força para esconder os próprios males,
mas é preciso coragem para demonstrá-los.

É preciso ter força para suportar o abuso,
mas é preciso coragem para faze-lo parar.

É preciso ter força para ficar sozinho,
mas é preciso coragem para pedir apoio.

É preciso ter força para amar,
mas é preciso coragem para ser amado.

É preciso ter força para sobreviver,
mas é preciso coragem para viver.

Se você sente que lhe faltam a força e a coragem,
queira Deus que o mundo possa abraçá-lo hoje
com seu calor e Amor!

...e que o vento possa levar-lhe uma voz
que lhe diz que há um Amigo em algum lugar do Mundo
desejando que você esteja bem...

© Silvia Schmidt ©
Leia Mais

terça-feira, 20 de março de 2012

Parabéns Rose



O Colégio Efetivo deseja muitas felicidades para professora Rose nesta data  tão especial.Muitos anos de vida!
Leia Mais

domingo, 18 de março de 2012

Violência de Umarizal


Os alunos do 8° ano do ensino fundamental do colégio efetivo, produziram na aula de artes do professor Sergio Rubens um poema sobre a violência de Umarizal, mas especificamente uma poesia na forma de literatura de cordel. São nossas crianças e adolescentes expressando seus sentimentos sobre a violência de nossa cidade.

Os autores deste poema são: Alicia Maria, Carla Kamilly, Carlos Kleber, Hiluska Viviane, João Marcelo, Hérico Júnior, Marcos Vinícius e Marina Menezes.


VIOLÊNCIA DE UMARIZAL


Um dia fui assaltado
Aqui em Umarizal,
Está muito perigoso
Ultimamente reina o mal.
Ninguém anda mais tranquilo
Cadê o policial?

Já roubaram lá em casa
E também lá na vizinha,
É bala pra todo lado
Atiraram na cozinha.
Eu fico com muito medo
Assaltaram uma velhinha.

Que cidade nós vivemos?
Todo mês se mata um,
O cemitério ta lotado
A morte ficou comum.
Me sinto ameaçado
Ninguém tem lazer nenhum.

Pré-conceito dominando
Na cabeça desse povo,
Já não há mais paz nenhuma
Lá vem mais greve de novo.
Muita gente sem trabalho
O governo errou de novo.

Educação é nossa chave
Pra podermos aprender
A somar e dividir
E também a conviver.
Religião tem sua parte
Pra ensinar-nos a crescer.

Pra vencer a violência
É necessário a união,
E pra isso acontecer
Se luta com o coração,
Sem nunca perder a fé
Sem deixar de amar o irmão.
Leia Mais

quarta-feira, 14 de março de 2012

Vestibular da UFRN pode ter mudanças.

O ingresso na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) pode ter mudanças. A proposta da Comissão Permanente do Vestibular (Comperve) para o concurso deste ano é que as vagas oferecidas sejam divididas 50% para o vestibular e 50% para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). A novidade preocupa os estudantes que estão se preparando para as provas aplicadas no fim do ano.

“O Enem é uma prova muito cansativa, exige muito do aluno, mistura conteúdo. O vestibular é mais especifico. É um estilo de prova totalmente diferente”, explica Matheus Carvalho, aluno que conhece os dois modelos. Já para a estudante Maria das Graças, a mudança não é favorável quando se avalia a credibilidade do Enem. “Se for avaliar pela credibilidade do Enem no Brasil vai ser ruim, há muitos problemas com erros”.
A medida, que para vigorar no concurso precisa ser aprovada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da UFRN, já é realizada em outras universidades do país e para os professores potiguares acarreta uma mudança no programa de estudos. “Os alunos terão que interagir entre as disciplinas. Uma mudança radical no modo de estudar dos alunos”, afirma Evandro Brandão, professor de Biologia.

Segundo Magda Pinheiro, presidente da Comperve, a proposta foi apresentada desde o resultado do vestibular 2012 e a definição deve sair entre os meses de abril e maio. “A UFRN está aderindo ao Enem gradativamente, até chegar a totalidade como na maioria das universidades do país. É uma tentativa de democratização do acesso à universidade federal”.

A mudança, além de interferir na preparação dos alunos, pode facilitar o acesso de estudantes de outros estados, como vêm acontecendo em outras regiões e preocupa os professores potiguares. No Acre, por exemplo, uma universidade já realizou 5 chamadas e não consegue fechar a turma porque os aprovados são de outras cidades.

VI NO BLOG: http://cienciasaqui.blogspot.com/2012/03/vestibular-da-ufrn-pode-ter-mudancas-e.html#ixzz1p8LExSxE
Leia Mais

Possível greve dos professores da rede estadual, por Sergio Rubens

Possível greve dos professores do Estado

Os alunos da rede estadual de ensino mal voltaram às aulas, já correm o risco de ficar por um bom tempo sem elas, caso uma nova greve se concretize.

Por mais revoltante que seja não é mais surpresa pra ninguém que o professor, não apenas no nosso estado, mas em todo o Brasil é pouco valorizado. Devido a esse fator, tudo indica que nos próximos dias estará começando mais uma greve dos professores da rede estadual de ensino. Eles querem que o piso salarial dos professores baseado na lei federal 11.738/08, seja implantado no Rio Grande do Norte, nada mais justo, afinal, são os professores quem formam os profissionais, que formam consciência e promovem a cidadania.

De que adianta sermos a 6ª economia do mundo, sermos o próximo país sede da copa do mundo e das olimpíadas, se não temos desenvolvimento social, cultural e humano? Afinal isso se dá através da educação, e dela só se tem no momento o descaso.
Nesse momento penso nos milhares de alunos que ficarão sem aula durante o período da greve, num estado tomado pelas drogas e pela violência, como proteger nossas crianças e adolescentes desse mal se nem na escola poderão estar? Isso sem contar na falta de aprendizado que eles terão caso a greve aconteça.

As aulas do ano letivo de 2011 terminaram em 2012 por causa de uma greve, agora já estão pensando em outra. Eu sou a favor da valorização do professor sim, mas o que me questiono é: será que a greve nesse momento é a melhor opção? Será que dará resultado ou será como a greve anterior? Será que vale a pena parar por um bom tempo e no fim das contas não alcançar o objetivo desejado?

Não estou querendo aqui criticar ou passar a impressão de que o profissional da educação esteja errado em reivindicar seus direitos, nem muito menos defender o governo do estado que pouco faz pela educação e não se preocupa com a formação do cidadão quero apenas fazer um alerta sobre os riscos que se corre para muitas vezes conseguir menos do que o mínimo exigido. Sem contar que aqui no nosso estado e principalmente na nossa querida Umarizal estamos vivendo momentos bem tensos, nos quais se precisa mais do que nunca da educação, educação essa que não é levada a sério pelo governo do estado e que os profissionais da educação na busca constante de sua valorização, não percebem que acabam por fazer exatamente o que querem os políticos, com a greve acabam por prejudicar os alunos, devido ao fato de sempre saírem com menos conteúdo e menos aprendizado depois de uma greve, isso acaba contribuindo para uma má formação do jovem, os tornando pessoas sem educação, sem cultura e sem pensamento crítico.

Além do mais, se for concretizada realmente a greve, que os alunos sejam informados detalhadamente sobre os reais motivos dela para que eles sejam conscientes da mesma e não fiquem sempre achando que a culpa é do professor, sendo que os maiores culpados são os nossos governantes.

(Sergio Rubens, professor do Colégio Efetivo)
Leia Mais

14 de março, dia da poesia

Quero fazer poesia, Por Sergio Rubens


Quero fazer poesia
Para o mundo ser feliz,
Para alegrar o meu dia,
Pra curar a cicatriz
Que a vida fez em mim,
Pra acabar com o que é de ruim
Pra ninguém ser infeliz.

Quero fazer poesia
Para me encontrar com Deus,
Sentir o amor de verdade,
Pra amar crentes e ateus,
Pra nunca sentir saudade
Nem precisar de verdade
Dizer a palavra adeus.

Quero fazer poesia
Pra encontrar no seu olhar
A certeza de um carinho
Que esta a me esperar,
Pra ter seu mundo no meu
Ter o meu beijo no seu
E olhar o sol acordar.

Quero fazer poesia
Rima a rima, verso a verso,
Sem precisar entender
Como foi feito o universo,
Apenas sentir o momento
Vê seu rosto contra o vento
E o pensamento disperso.

Quero fazer poesia
Pra encontrar felicidade,
Pra conquistar um amigo,
Poder amar de verdade.
Para observar o sol
Na hora do arrebol
Descobrir uma novidade.

Quero fazer poesia
Sobre o amor perdido,
Sobre o menino de rua,
Sobre o que foi esquecido.
Ela vai trazer a paz,
A poesia é capaz
De fazer o mundo florido.
Leia Mais

domingo, 11 de março de 2012

Um poema sobre os Nordestinos, por Sergio Rubens



Nordestinos

Somos gente decente, contente, sorridente.
Somos um povo sofrido, esquecido, iludido.
Somos de uma região modesta, perversa, incerta...
Vivemos com a alegria de quem canta e dança.

Sonhamos com melhores comidas, medidas e repartidas.
Somos tachados de matutos e brutos.
A outra parte nos chama de atrasados e esmolambados
Na verdade somos maltratados.

Somos um povo que luta e que busca.
Somos gente que ama, clama e reclama.
Somos homens de respeito, mas que sofre preconceito.
Por vivermos neste solo de protocolos.

Somos gente que vive, convive e sobrevive
Mesmo vivendo com sofrimento, tormento e lamento
Somos um povo sonhador, plantador e colhedor
Somos humanos certos, concretos, diretos.

Queremos mais oportunidades, sem precisar de caridades,
Queremos que nos dêem a mão com união.
Queremos ser mais atuantes, brilhantes, cantantes,
Pensantes, radiantes, confiantes...

Somos um povo vencedor, lutador e com muito amor.
Queremos uma vida bela e singela.
Somos meninos e homens pequeninos
Mas com um enorme orgulho de sermos nordestinos.


(Sergio Rubens, professor do Colégio Efetivo)
Leia Mais

quinta-feira, 8 de março de 2012

Parabéns as Mulheres do Colégio!

Hoje homenageamos nossas queridas colegas de trabalhos.




Sem esquecer de Fatinha, Edna e Ivete. Parabéns meninas!
Leia Mais

Feliz dia Internacional da Mulher

O Dia Internacional da Mulher, celebrado a 8 de março, tem como origem as manifestações das mulheres russas por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada do seu país na Primeira Guerra Mundial. Essas manifestações marcaram o início da Revolução de 1917. Entretanto a ideia de celebrar um dia da mulher já havia surgido desde os primeiros anos do século XX, nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas de mulheres por melhores condições de vida e trabalho, bem como pelo direito de voto.
No Ocidente, o Dia Internacional da Mulher foi comemorado no início do século, até a década de 1920.
Na antiga União Soviética, durante o stalinismo, o Dia Internacional da Mulher tornou-se elemento de propaganda partidária.
Nos países ocidentais, a data foi esquecida por longo tempo e somente recuperada pelo movimento feminista, já na década de 1960. Na atualidade, a celebração do Dia Internacional da Mulher perdeu parcialmente o seu sentido original, adquirindo um caráter festivo e comercial. Nessa data, os empregadores, sem certamente pretender evocar o espírito das operárias grevistas do 8 de março de 1917, costumam distribuir rosas vermelhas ou pequenos mimos entre suas empregadas.
Em 1975, foi designado pela ONU como o Ano Internacional da Mulher e, em dezembro de 1977, o Dia Internacional da Mulher foi adotado pelas Nações Unidas, para lembrar as conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres.

Fonte: Wikipédia.


Aproveitamos o espaço para desejar a nossas colegas de trabalho parabéns por esse dia!


Betânia, Edna Alves, Ivete, Ailka, Rose, Elicleide, Sheyla, Leilane, Paula, Edna, Glecione, Aline,Solange, Djaneide, Fatinha e Xaxá.
Leia Mais

quarta-feira, 7 de março de 2012

Parabéns






Professora Leilane, nossos parabéns neste dia tão especial! Muita saúde, alegrias e sucesso em toda sua vida! Feliz Aniversário.


Leia Mais

Aniversariantes Colégio Efetivo



02/03 – Pollyanne Pascale.
04/03 – Hérica Sophia.
09/03 – Francisco Hernandes.
09/03 – Alicia Maria.
19/03 – José Andrei.
26/03 – Thomas Adson
27/03 – Lílian Vitória
30/03 – Eliezer Nóbrega.
Leia Mais

terça-feira, 6 de março de 2012

Continuidade do trabalho escolar: "Conhecendo os artistas umarizalenses"

Nesta sexta-feira foi a vez do poeta, cantor e compositor Luizinho se fazer presente no Colégio Efetivo para ter uma conversa com os alunos do 8° ano do ensino fundamental sobre seu trabalho artístico e cultural. Esse trabalho é uma iniciativa do Professor de artes e literatura Sergio Rubens claro com total apoio da Escola.

Eis alguns trechos da conversa:

Com quantos anos você começou a compor e quantas composições você tem?
Eu comecei a compor com nove anos  e tenho em média umas quinhentas composições.

Você acha que as pessoas de Umarizal reconhecem seu trabalho?
Não, porque falta até espaço, não tem muito espaço aqui para você mostrar. O próprio Raí teve que sair daqui pra mostrar o seu trabalho lá fora, por não ter tantas oportunidades aqui para ele.

Você acredita que o sucesso do Tabakana tem sua parcela de contribuição?
Quando um grupo cresce, ele cresce como um todo, todo mundo contribui de alguma forma, eu devo ter uma pequena parcela de contribuição, assim como todo o resto.

A quantidade de pessoas que admiram seu trabalho aumentou depois do programa na rádio, “de bar em bar”?
Aumentou sim, hoje eu sou mais conhecido como locutor do que como cantor ou como compositor.

Você acha que ainda existem muitos talentos escondidos em Umarizal?
Eu acho que sim. Por exemplo: eu freqüento algumas igrejas evangélicas e conheço muitas garotas e garotos que cantam muito, mais muito mesmo que eu fico assim “babando” vendo como eles cantam.

No aniversário da FM fraternidade, você mostrou um poema sobre a cidade de Umarizal, você é realmente um poeta, ou foi algo especial para aquele momento?
Quando eu pego uma caneta e um papel sempre sai alguma coisa, aquele poema sobre a história de Umarizal, foi tudo que eu vi acontecer por aqui. Eu cheguei aqui muito pequeno e naquela época a cidade era um pouco diferente, não existia droga nem tanta violência, que isso por sinal é um fato positivo que vocês infelizmente não chegaram a conhecer.

Em nossa cidade os índices de violência aumentam a cada dia, você acredita que a música (que é com o que você mais trabalha) tem como ajudar nesse fator?
Todo compositor vê o mundo diferente, quando se começa a compor ou mesmo quando se começa a ler se passa a ver o mundo de uma forma diferente. Quando eu estou fazendo uma música eu só penso em coisa boa. Todos os compositores vivem em outro mundo, claro que tem o mundo real, mas tem também o mundo da fantasia. Com isso se passa muita realidade na música. A música e a arte de um modo geral é um caminho que bate de frente com a violência. Eu desde criança fiz várias músicas voltadas para o lado da conscientização, dentro mesmo da ditadura militar (que eu nem sabia que tinha devido eu ser muito criança), inclusive eu acho que muitas músicas minhas não passariam pela censura.

Você leva a banda Barrados no Baile numa linha profissional o como hobby mesmo?
Por enquanto é só um hobby mesmo. É um sonho que a gente tem, mas que eu espero também que o sucesso aconteça.

 Mais fotos











Leia Mais