Hora certa!

Recomendo

Postagens populares

Seguidores

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Mais um título para o futsal feminino do Colégio Efetivo



O futsal infantil feminino do Colégio Efetivo sagrou-se campeão mais uma vez, na categoria infantil.
Com uma vitória de 15 x 0 contra a E. E. Zenon de Souza e um empate de 1x1 com a E. E. Apolinária Jales, as nossas meninas trouxeram mais um título para a nossa escola. 


O futsal feminino já coleciona 5 títulos no futsal. São 2 Títulos no Mirim, 2 Títulos no Infantil e 1 no Juvenil. Essa Equipe é Bi Campeã Mirim e Agora Campeã Infantil, são 3 Anos sem perder uma partida nos Jerns de Umarizal, 


Essa equipe irá representar o Estado do Rio Grande do Norte nos Jogos escolares em Minas Gerais, e mais uma vez irá disputar o Jerns em Natal.

PARABÉNS PARA AS CAMPEÃS:
Launa, Míriam, Miriam, Hiluska, Letícia, Kamille, Renata, Layza, Mylena e Tainá.

Algumas fotos dessa conquista:












Leia Mais

terça-feira, 17 de julho de 2012

A inclusão da arte nas escolas - Por Sergio Rubens

É muito comum ouvir falar em arte como um instrumento de entretenimento e como uma ferramenta expressiva do comportamento humano, mas pouco se ouve falar que a arte também educa e funciona como uma ferramenta para o desenvolvimento social do indivíduo.

Peça teatral - o verdadeiro significado da páscoa
A arte, nas suas mais diversas manifestações, ajuda a desenvolver a percepção, a imaginação, a comunicação, o raciocínio e a expressão, seja ela, corporal, oral ou visual. Com isso a arte é uma excelente ferramenta no processo educacional, mas infelizmente poucas instituições de ensino já aderiram a essa questão, de que a arte também educa.

Ela tem um importante trabalho educativo, estimula a capacidade de raciocínio, assim como, contribui para a formação da personalidade do individuo, ajudando no convívio com o outro, nas suas mais diversas atividades coletivas.

A turma do chaves com os professores e funcionários da escola
A inclusão da arte nas escolas vem crescendo no Brasil, porém a passos lentos, ainda há um receio, eu diria até, um preconceito em relação à arte como uma ferramenta educacional. Ainda existe o mito de que a arte seja somente uma forma de entretenimento dentro das escolas, creches e demais instituições de ensino. Ela ainda é usada apenas como uma forma prender o aluno na escola, sendo que poderia ser usada como um instrumento na educação.

Já que a arte consiste também num processo de criação, porque não incentivar o aluno a criar? Dentro disso ele precisaria pesquisar, organizar os pensamentos, as idéias e as emoções, onde trabalharia em conjunto, o que melhoraria o seu relacionamento e seu desenvolvimento, tanto psíquico como social.
Peça teatral - A fuga de lampião 
A inclusão da arte nas escolas auxilia o gosto do aluno pelo estudo, além de diversificar o processo de aprendizagem desenvolvendo assim outras possibilidades para a formação do discente, tanto na parte disciplinar como na parte social.

É extremamente importante a inclusão da arte nas escolas, não somente como disciplina para completar uma carga horária, mas como prática constante dentro da sala de aula, desenvolvendo trabalhos práticos, ampliando assim a sensibilidade, a coordenação motora, a capacidade de raciocínio e de expressão.

A inclusão da arte nas escolas ajuda a romper a barreira da exclusão, sendo que a arte deve ser vista verdadeiramente como uma capacidade de experienciar e não como uma espécie de dom, fazendo dos alunos construtores do seu próprio caminho.
 
Este é um processo pedagógico que promove uma relação ensino/aprendizagem mais dinâmica e afetiva a partir das experiências que foram vividas e compartilhadas, em que toda e qualquer produção é levada em consideração, ampliando assim o conceito sobre cultura dentro daquele espaço. E como educar também consiste num processo de inclusão, dinamização, facilitação e diversificação, a arte é um grande aliado a ela.
Alunos do 8° ano criando seus poemas
O colégio Efetivo já aderiu a prática de arte na escola.



Leia Mais

sábado, 7 de julho de 2012

Arraiá do Colégio Efetivo - Por Léo Silva

12 anos mantendo a cultura dos festejos do São João viva através da educação e da escola. É pra da continuidade a esta tradição que o colégio Efetivo realizou na noite dessa sexta-feira 06 de julho, o seu Arraiá Fora de Época. O evento é promovido todos os anos pela equipe da escola juntamente com os alunos.
Desfile de carroças, danças, barracas de comidas típicas, balaio junino e uma homenagem ao centenário do rei do baião, Luiz Gonzaga através da quadrilha Esplendor do Oeste marcaram as apresentações do festejo.
O diretor Saulo Carvalho destaca que a programação, em seu 12º ano tem o intuito de manter viva e mostrar a riqueza da cultura nordestina e através dela educar. “Os alunos aprendem a parte social, aprendem a dividir tarefas, a se organizar, então o São João não é só aquela festa junina em si, também tem uma parte educacional e uma parte cultural que o colégio se preocupa bastante em fazer”, explicou o diretor. "Dá trabalho, mas é gratificante" concluiu.
A equipe da escola ainda aproveitou o evento para realizar uma homenagem ao time de futsal feminino da escola que recentemente foi campeã dos Jogos da Juventude Escolar do Rio Grande do Norte e irão representar em setembro Umarizal e o estado nos Jogos Brasileiros da Juventude em Minas Gerais – MG. Um vídeo com as fotos das meninas do time foi exibido ao público.



































Leia Mais